quinta-feira, 7 de junho de 2012

TRANSTORNO DESAFIADOR OPOSITIVO





SABENDO UM POUCO MAIS SOBRE TRANSTORNO DESAFIADOR OPOSITIVO
            Percebemos algumas características em determinadas crianças como: irritam-se com facilidade, agem com agressividade, desafiam ordens, perdem a paciência com rapidez, não aceitam críticas, fazem coisas para irritar os outros,mostram-se debochadas e implicantes, discutem com adultos, responsabilizando sempre os outros por seus erros, se aborrecendo facilmente com os outros, ficando enraivecido e ressentido, é rancoroso e vingativo. Alguns de vocês deve ter identificado no seu filho ou em uma criança próxima algumas delas! Então, preste atenção, pois dependendo do grau e persistência de ocorrência dessas características, este tipo de conduta, que a gente pode achar normal na idade, tem nome: Transtorno Desafiador Opositivo – TDO.
A. CARACTERISTICAS:
       • Um padrão recorrente de comportamento negativista, desafiador, desobediente e hostil para com figuras de autoridade, que persiste por pelo menos 6 meses e se caracteriza pela ocorrência freqüente de pelo menos quatro dos seguintes comportamentos:
            1) Perder a paciência,
            2) Discutir com adultos,
            3) Desafiar ativamente ou recusar-se a obedecer a solicitações ou regras dos adultos ,
            4) Fazer coisas que aborrecem outras pessoas,
            5) Responsabilizar outras pessoas por seus próprios erros ou mau comportamento,
            6) Ser suscetível ou facilmente aborrecido pelos outros,
            7) Mostrar-se enraivecido e ressentido,
            8) Ser rancoroso ou vingativo.

      • Comportamentos negativistas ou desafiadores:  são expressados por teimosia persistente, resistência a ordens e relutância em comprometer-se, ceder ou negociar com adultos ou seus pares. O desafio também pode incluir testagem persistente dos limites, ignorando ordens, discutindo e deixando de aceitar a responsabilidade pelas ações.        
     • Hostilidade: pode ser dirigida a adultos ou a seus pares, sendo demonstrada ao incomodar deliberadamente ou agredir verbalmente outras pessoas.                                                                                                                                                       • Os sintomas do transtorno tipicamente evidenciam-se mais nas interações com adultos ou companheiros a quem o indivíduo conhece bem, podendo assim não serem perceptíveis durante o exame clínico.                                                                                                                                                             • Existe nestas crianças ou adolescentes um prejuízo significativo no funcionamento social, acadêmico ou ocupacional. Envolvem-se constantemente em discussões e são comummente rejeitados pelos colegas do grupo escolar. Consequentemente há um comprometimento da auto-estima.

B. CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS À IDADE E AO GÉNERO                                                           
 Este é um comportamento oposicional temporário, muito comum em crianças pré-escolares e adolescentes, sendo que, o número de sintomas de oposição tende a aumentar com a idade. O transtorno é mais prevalente em meninos do que em meninas antes da puberdade, mas as taxas são provavelmente iguais após a puberdade. Os sintomas em geral são similares em ambos os gêneros, à exceção do fato de que os meninos podem apresentar mais comportamentos de confronto e sintomas mais persistentes.                                                                                     
Normalmente os sintomas opositivos emergem no contexto doméstico, mas com o tempo podem aparecer também em outras situações. O início é tipicamente gradual, em geral se estendendo por meses ou anos. Em uma proporção significativa dos casos, o Transtorno Desafiador Opositivo é um antecedente evolutivo do Transtorno da Conduta.

C. COMO  TRATAR? O tratamento preconizado para crianças e adolescentes com esse diagnóstico passa pela utilização de técnicas de intervenção psicológica com a criança, associadas a uma orientação a pais e professores. O Dr. Gustavo Teixeira, autor do livro Transtornos Comportamentais na Infância e Adolescência, nos dá algumas dicas de como os pais podem lidar com os filhos que apresentam TODO:
           × Realização de esportes coletivos, para auxiliar na socialização e na formação de conceitos como disciplina e respeito;
            × Explicar claramente regras e instruções;
            × Proponha acordos de forma assertiva;
            × Elogie atitudes positivas;
            × Evite punições físicas;
            × Retire privilégios em casos de agressividade;
            × Realize momentos com toda a família, pois a integração familiar é essencial para o manejo do transtorno.

Obs.: A Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro, tem um departamento de neuropsiquiatria infanto-juvenil que oferece tratamento gratuito.
 Retirado de: http://www.crechebambalalao.com.br/?secao=34134&id_noticia=207729&categoria=34212

2 comentários:

  1. Ola Marcia. Meu filho é TDAH, faz tratamento com psiquiatra e foi diagnosticado com Transtorno Desafiador Opositor. Esta sendo medicado com Risperidona 1mg. Meio comprimido por dia, percebi uma mudança de 70% melhor no meu relaciomento com ele, graças a Deus. Tenho me orientado atraves de livros e blogs, pq o tratamento tem que ser um conjunto de pessoas ligadas, familia, amigos, escola. Todos de maos dadas. Pq ja estive a beira da loucura, e da depressao, nao adoeci pq encontrei força em Deus, e uma sogra maravilhosa que me ajuda no tratamento dele que é mto caro, os remedios para Deficit de atencao, mais a ripseridona e o psiquiatra que é especializado em Transtornos em crianças e adolescentes. Mesmo com tanta melhora eu te digo que nao é facil, e ainda por cima mto preocupante, tenho medo dos efeitos colaterais a longo prazo. So Deus por nos mesmo, e com amor pra superar essa nossa luta.

    ResponderExcluir
  2. Vir nesse blog por recomendação,muito bom mesmo,fiquei feliz por não perde meu tempo,eu tava precisando de grampo de celular e me recomendaro esse aqui http://www.espiaosip.com.br/celular-espiao.html sera que é bom?alguem ja ouvi falar?abraços,e parabens pelo blog

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e compartilhe ideias. Beijinhos, Marcia Simões